Viver Goiás

Novo decreto da Prefeitura de Goiânia libera funcionamento aos fins de semana

Flexibilização foi possível após análise dos últimos indicadores da pandemia, como taxa de ocupação de leitos e o índice de transmissão

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em reunião com representantes do setor econômico da capital, nesta quinta-feira (22/04), no Paço Municipal, ficou acertado que o próximo decreto de combate à Covid-19, que passará a valer a partir de hoje, permitirá o funcionamento de atividades não essenciais aos fins de semana. De acordo com o secretário de Governo, Arthur Bernardes, que liderou a reunião, “a notícia é boa, mas vem acompanhada de muita responsabilidade e observância plena dos protocolos sanitários”.

O prefeito Rogério Cruz determinou que fossem realizados estudos de viabilidade para contemplar os setores. “Reconhecemos que muitos negócios têm mais movimento aos fins de semana. E entendendo que os empresários estão inteiramente comprometidos com o combate ao coronavírus e que vivemos um momento de estabilidade, decidimos dar esta contribuição à economia da nossa cidade”, destacou o prefeito. 

Arthur Bernardes ressaltou que a decisão foi baseada em estudos técnicos, o que possibilita a flexibilização. “A análise constante dos dados epidemiológicos nos possibilitaram flexibilizar este decreto que contempla muitas das reivindicações dos senhores. Os índices começam a nos mostrar que a gente tem uma relativa segurança para fazer essa reabertura, mas não de forma plena",  enfatizou o secretário ao cobrar dos empresários atenção para que ajudem o poder público na fiscalização de irregularidades. 

Presidente do Fórum Empresarial, Marcelo Baiocchi destacou a política de diálogo instituída pela gestão de Rogério Cruz. “É fundamental o modelo que temos hoje na prefeitura, que é o diálogo. Vocês trazem com tanta clareza que, mesmo na hora de fechar, vocês terão o nosso apoio também”, sublinhou. Sandro Mabel, presidente da Fieg, também elogiou a administração. “Teve a coragem de conversar, negociar e entender as dificuldades de cada setor. A prefeitura sempre foi muito responsável e sensível aos empresários”, afirmou. 

O novo decreto será assinado pelo prefeito Rogério Cruz ainda nesta quinta-feira e deverá manter os horários em funcionamento da forma como está no atual decreto. Outra mudança que deverá conter no documento é a permissão para a execução de ambientação sonora ao vivo limitada a dois músicos.

  • COMPARTILHE

Novo decreto da Prefeitura de Goiânia libera funcionamento aos fins de semana

22/04/2021 17:11


Em reunião com representantes do setor econômico da capital, nesta quinta-feira (22/04), no Paço Municipal, ficou acertado que o próximo decreto de combate à Covid-19, que passará a valer a partir de hoje, permitirá o funcionamento de atividades não essenciais aos fins de semana. De acordo com o secretário de Governo, Arthur Bernardes, que liderou a reunião, “a notícia é boa, mas vem acompanhada de muita responsabilidade e observância plena dos protocolos sanitários”.

O prefeito Rogério Cruz determinou que fossem realizados estudos de viabilidade para contemplar os setores. “Reconhecemos que muitos negócios têm mais movimento aos fins de semana. E entendendo que os empresários estão inteiramente comprometidos com o combate ao coronavírus e que vivemos um momento de estabilidade, decidimos dar esta contribuição à economia da nossa cidade”, destacou o prefeito. 

Arthur Bernardes ressaltou que a decisão foi baseada em estudos técnicos, o que possibilita a flexibilização. “A análise constante dos dados epidemiológicos nos possibilitaram flexibilizar este decreto que contempla muitas das reivindicações dos senhores. Os índices começam a nos mostrar que a gente tem uma relativa segurança para fazer essa reabertura, mas não de forma plena",  enfatizou o secretário ao cobrar dos empresários atenção para que ajudem o poder público na fiscalização de irregularidades. 

Presidente do Fórum Empresarial, Marcelo Baiocchi destacou a política de diálogo instituída pela gestão de Rogério Cruz. “É fundamental o modelo que temos hoje na prefeitura, que é o diálogo. Vocês trazem com tanta clareza que, mesmo na hora de fechar, vocês terão o nosso apoio também”, sublinhou. Sandro Mabel, presidente da Fieg, também elogiou a administração. “Teve a coragem de conversar, negociar e entender as dificuldades de cada setor. A prefeitura sempre foi muito responsável e sensível aos empresários”, afirmou. 

O novo decreto será assinado pelo prefeito Rogério Cruz ainda nesta quinta-feira e deverá manter os horários em funcionamento da forma como está no atual decreto. Outra mudança que deverá conter no documento é a permissão para a execução de ambientação sonora ao vivo limitada a dois músicos.

Publicidade

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )