Revista Viver Goiás

Artigo: A importância do Departamento de Compras

Por Chrystina Soares Alves Leão

 

O Departamento de Compras, segundo Neves e Hamacher (2004), é entendido como um processo de identificação, avaliação, negociação e contratação das fontes de fornecimento para produtos necessários para o funcionamento da organização, visando maximizar os resultados dentro de um cenário competitivo.

Diante disto e com o aumento da concorrência, qualquer redução de custos e aumento na qualidade significa maior espaço no mercado em que a organização atua. O departamento de compras, frente a essas mudanças ocorridas nas últimas décadas, ganhou grande importância na gestão das organizações e passaram a integrar o processo organizacional.

O setor de compras não é mais aquele que desenvolve apenas a atividade de aquisição de materiais, mas sim atua hoje como um setor estratégico dentro das organizações, sendo necessária a participação de todos os níveis hierárquicos, principalmente o nível estratégico, pois nenhuma mudança dentro da organização ocorre de baixo para cima, e sim de cima para baixo.

A necessidade de uma empresa comprar cada vez melhor e com parceria é ponto importante na obtenção de resultados que tornem perene sua existência. Comprar bem, negociar corretamente é fundamental para custos reduzidos do processo operacional e manter-se operante nos mercados (POZO, 2010).

O setor de compras deve definir parâmetros para solicitação de compras de materiais e contratação de serviços, visando à dinamização do processo; à racionalização dos trâmites; à eficácia das aquisições; e ainda, cumprir os procedimentos da empresa atendendo às orientações contábeis (MARTINS et al, 2001).

Os objetivos do departamento de compras devem estar alinhados aos objetivos estratégicos da empresa, visando o melhor atendimento ao cliente interno. As compras devem ser devidamente focadas dentro da estratégia de competitividade.

Segundo Rafael Herrera da Prodix – empresa com sede em Rondonópolis/MT – que atua fornecendo soluções em softwares, processos e treinamentos para auxiliar na gestão de negócios, - economizar 5% na função compras pode representar um acréscimo de até 30% do resultado líquido, de acordo com o segmento da empresa. Entende-se que a responsabilidade do comprador como é comprar materiais com qualidade correta, na quantidade certa, no instante certo e ao preço correto, da fonte certa, para entrega no local correto (HEINRITZ, 1951).

Para o autor é de suma importância a assertividade do profissional ao efetuar uma compra, caso isso não ocorra, o departamento pode colocar toda a empresa em situação de risco, comprometendo os resultados em face de sua ação de suprir a empresa com os recursos matérias de forma inadequada, gerando prejuízos para a organização. (MARTINS, 2006).

Para amenizar tal situação o comprador deve levar em consideração todo o processo de compra, seguindo as etapas como assegurar as descrições completas das necessidades, selecionar fontes de suprimentos, conseguir informações de preço, colocar os pedidos (ordens de compra), acompanhar os pedidos, verificar notas fiscais e acima de tudo manter registros, arquivos e relacionamentos com os vendedores.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Artigo: A importância do Departamento de Compras

 

O Departamento de Compras, segundo Neves e Hamacher (2004), é entendido como um processo de identificação, avaliação, negociação e contratação das fontes de fornecimento para produtos necessários para o funcionamento da organização, visando maximizar os resultados dentro de um cenário competitivo.

Diante disto e com o aumento da concorrência, qualquer redução de custos e aumento na qualidade significa maior espaço no mercado em que a organização atua. O departamento de compras, frente a essas mudanças ocorridas nas últimas décadas, ganhou grande importância na gestão das organizações e passaram a integrar o processo organizacional.

O setor de compras não é mais aquele que desenvolve apenas a atividade de aquisição de materiais, mas sim atua hoje como um setor estratégico dentro das organizações, sendo necessária a participação de todos os níveis hierárquicos, principalmente o nível estratégico, pois nenhuma mudança dentro da organização ocorre de baixo para cima, e sim de cima para baixo.

A necessidade de uma empresa comprar cada vez melhor e com parceria é ponto importante na obtenção de resultados que tornem perene sua existência. Comprar bem, negociar corretamente é fundamental para custos reduzidos do processo operacional e manter-se operante nos mercados (POZO, 2010).

O setor de compras deve definir parâmetros para solicitação de compras de materiais e contratação de serviços, visando à dinamização do processo; à racionalização dos trâmites; à eficácia das aquisições; e ainda, cumprir os procedimentos da empresa atendendo às orientações contábeis (MARTINS et al, 2001).

Os objetivos do departamento de compras devem estar alinhados aos objetivos estratégicos da empresa, visando o melhor atendimento ao cliente interno. As compras devem ser devidamente focadas dentro da estratégia de competitividade.

Segundo Rafael Herrera da Prodix – empresa com sede em Rondonópolis/MT – que atua fornecendo soluções em softwares, processos e treinamentos para auxiliar na gestão de negócios, - economizar 5% na função compras pode representar um acréscimo de até 30% do resultado líquido, de acordo com o segmento da empresa. Entende-se que a responsabilidade do comprador como é comprar materiais com qualidade correta, na quantidade certa, no instante certo e ao preço correto, da fonte certa, para entrega no local correto (HEINRITZ, 1951).

Para o autor é de suma importância a assertividade do profissional ao efetuar uma compra, caso isso não ocorra, o departamento pode colocar toda a empresa em situação de risco, comprometendo os resultados em face de sua ação de suprir a empresa com os recursos matérias de forma inadequada, gerando prejuízos para a organização. (MARTINS, 2006).

Para amenizar tal situação o comprador deve levar em consideração todo o processo de compra, seguindo as etapas como assegurar as descrições completas das necessidades, selecionar fontes de suprimentos, conseguir informações de preço, colocar os pedidos (ordens de compra), acompanhar os pedidos, verificar notas fiscais e acima de tudo manter registros, arquivos e relacionamentos com os vendedores.

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )