Viver Goiás

Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022

Notícias Cidades

Procon Goiânia inicia operação Black Friday nesta quarta-feira, 17

Procon Goiânia inicia operação Black Friday nesta quarta-feira, 17
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Procon Goiânia iniciou, nesta quarta-feira (17/11), operação de fiscalização em estabelecimentos comerciais que ficam em shoppings, centro e na avenida 24 de outubro para orientar consumidores para que não caiam em golpes e monitorar os preços dos produtos que estarão na Black Friday.

A ação conta com a participação da equipe de Cálculo e fiscalização do Procon Goiânia. O departamento de cálculo e pesquisa realiza o monitoramento de preços de uma amostra de produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos para orientar o consumidor se as ofertas têm realmente o desconto anunciado. A pesquisa completa será divulgada na próxima terça-feira, dia 23 de novembro.

Já os fiscais notificam as lojas para disponibilizar os preços de forma visível e fácil compreensão para os consumidores de acordo com as normas do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

A presidente do Procon Goiânia, Carolina Pereira, explica que no dia da Black Friday o órgão fará plantão para receber as denúncias e orientar os consumidores sobre as compras. "Os nossos canais de atendimento estarão disponíveis para denúncias de falsos descontos, cancelamento da compra sem justificativa e entre outros problemas que possam ocorrer. O Procon Goiânia vai autuar as empresas que praticarem publicidade enganosa ou por descumprimento de oferta", ressalta.

Orientações

O Procon Goiânia orienta ao consumidor que deseja comprar algum produto durante a Black Friday que faça uma lista do item ou serviço e estipule um limite de gasto, evitando assim gastar mais do que o previsto. Importante também fazer uma pesquisa de preços por meio de aplicativos e sites de comparação de preços.

No caso de compras online, o consumidor deve ficar atento se o site informa seus dados, como endereço físico, telefone, e-mail, CNPJ e nome da empresa. Também orienta que o cliente desconfie de ofertas extravagantes em sites desconhecidos e observe se há alteração no preço informado em todas as etapas da compra online. Caso haja divergências, é indicado fazer prints para comprovar a irregularidade.

Anderson Clemente, da editoria de defesa do Consumidor

Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )