Revista Viver Goiás

Saúde de Senador Canedo reduz espera por atendimento de 3 horas para 30 minutos, diz secretário

Em entrevista à Rádio Bandeirantes Goiânia, Thiago Moura enumerou as medidas que foram tomadas

Divulgação

O secretário de Saúde de Senador Canedo, Thiago Moura, afirmou que o município conseguiu reduzir o tempo de espera por atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de três horas para 30 minutos. Em entrevista à Rádio Bandeirantes Goiânia, o titular da pasta, que assumiu no fim de dezembro de 2019, enumerou as medidas que foram tomadas para otimizar os serviços.

Segundo Moura, ele já havia realizado um estudo para identificar os gargalos antes mesmo de assumir a secretaria. “Precisávamos contratar médicos, fazer um trabalho vertical, com emergência, regulação. Enfim, conseguimos e temos hoje, em média, 30 minutos. Acho que das UPAs em Goiás é recorde”, pontuou.

Thiago Moura revela que até o fim de março o resultado do concurso público de Senador Canedo deve ser publicado, convocando cerca de 40 médicos e até 60 enfermeiros e técnicos em enfermagem para a saúde. Além disso, estão previstos investimentos em reformas da Maternidade, que constrói dois novos centros cirúrgicos e já está em andamento, e da UPA.

Segundo o secretário, atualmente não há falta de médicos ou medicamentos. A Saúde investe cerca de R$ 9 milhões mensais. O crescimento do investimento pôde ser feito, conforme Moura, pelo enxugamento dos gastos públicos. “Fechamos a torneira. O prefeito pediu compromisso com o povo, com o dinheiro público. Cortamos os gastos a fim de contratar médicos, comprar medicamentos”, disse.

 Fila de cirurgias e exames

Segundo Moura, exames simples têm sido realizados imediatamente no município. Outros, já saem com a data definida. “Exames tradicionais são feitos no mesmo dia. De alta complexidade, a média é de 15 dias”, relata.

O secretário diz que serão firmados convênios para reduzir a fila de cirurgias eletivas. Há também uma pactuação com Aparecida de Goiânia e previsão de um mutirão.

“Temos uma pactuação com Aparecida de Goiânia e fazemos uma triagem dos pacientes, respeitando a fila, sem politicagem. Essa fila tem sido reduzida gradativamente. Vamos fazer alguns mutirões. O primeiro será de oftalmologia, atendendo 800 pacientes e zerando a fila”, comentou.

Atendimentos a goianienses

O secretário também reiterou que o alto número de pacientes de Goiânia que procuram unidades de saúde de Senador Canedo pressionam o sistema municipal. “Tivemos 52 mil atendimentos em janeiro, com 130 mil habitantes”, cita. “50% ou mais dos atendimentos da UPA são de Goiânia”, completa. Apesar disso, Moura diz que não há prejuízo aos canedenses.

“Temos feito o trabalho no sentido de não prejudicar o paciente de Senador Canedo. Senador Canedo tem custeado o atendimento de Goiânia”, pontua.

Fonte

Diário de Goiás
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Saúde de Senador Canedo reduz espera por atendimento de 3 horas para 30 minutos, diz secretário

Diário de Goiás

O secretário de Saúde de Senador Canedo, Thiago Moura, afirmou que o município conseguiu reduzir o tempo de espera por atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de três horas para 30 minutos. Em entrevista à Rádio Bandeirantes Goiânia, o titular da pasta, que assumiu no fim de dezembro de 2019, enumerou as medidas que foram tomadas para otimizar os serviços.

Segundo Moura, ele já havia realizado um estudo para identificar os gargalos antes mesmo de assumir a secretaria. “Precisávamos contratar médicos, fazer um trabalho vertical, com emergência, regulação. Enfim, conseguimos e temos hoje, em média, 30 minutos. Acho que das UPAs em Goiás é recorde”, pontuou.

Thiago Moura revela que até o fim de março o resultado do concurso público de Senador Canedo deve ser publicado, convocando cerca de 40 médicos e até 60 enfermeiros e técnicos em enfermagem para a saúde. Além disso, estão previstos investimentos em reformas da Maternidade, que constrói dois novos centros cirúrgicos e já está em andamento, e da UPA.

Segundo o secretário, atualmente não há falta de médicos ou medicamentos. A Saúde investe cerca de R$ 9 milhões mensais. O crescimento do investimento pôde ser feito, conforme Moura, pelo enxugamento dos gastos públicos. “Fechamos a torneira. O prefeito pediu compromisso com o povo, com o dinheiro público. Cortamos os gastos a fim de contratar médicos, comprar medicamentos”, disse.

 Fila de cirurgias e exames

Segundo Moura, exames simples têm sido realizados imediatamente no município. Outros, já saem com a data definida. “Exames tradicionais são feitos no mesmo dia. De alta complexidade, a média é de 15 dias”, relata.

O secretário diz que serão firmados convênios para reduzir a fila de cirurgias eletivas. Há também uma pactuação com Aparecida de Goiânia e previsão de um mutirão.

“Temos uma pactuação com Aparecida de Goiânia e fazemos uma triagem dos pacientes, respeitando a fila, sem politicagem. Essa fila tem sido reduzida gradativamente. Vamos fazer alguns mutirões. O primeiro será de oftalmologia, atendendo 800 pacientes e zerando a fila”, comentou.

Atendimentos a goianienses

O secretário também reiterou que o alto número de pacientes de Goiânia que procuram unidades de saúde de Senador Canedo pressionam o sistema municipal. “Tivemos 52 mil atendimentos em janeiro, com 130 mil habitantes”, cita. “50% ou mais dos atendimentos da UPA são de Goiânia”, completa. Apesar disso, Moura diz que não há prejuízo aos canedenses.

“Temos feito o trabalho no sentido de não prejudicar o paciente de Senador Canedo. Senador Canedo tem custeado o atendimento de Goiânia”, pontua.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )