Revista Viver Goiás

O que abre e fecha durante a quarentena

As empresas que desrespeitarem o decreto estarão infringindo o artigo 268 do Código Penal,

Governo de Goiás

Começa a valer nesta quinta-feira (19/03) o decreto que amplia as medidas de prevenção para garantir a segurança da população de nosso Estado nesse período de proliferação do coronavírus. .

Ficam SUSPENSOS por 15 dias: 
- atividades em feiras, shopping, galerias e pólos comerciais de rua;
- atividades em bares e restaurantes, mas serviço de entrega é permitido;
- atividades em cinemas, clubes, academias, boates, teatros, casas de espetáculos e clínicas de estética;
- atividades de saúde bucal/odontológica, pública e privada, exceto aquelas relacionadas ao atendimento de urgências e emergências.

Continuam FUNCIONANDO: .
- Estabelecimentos médicos e hospitalares, além dos laboratórios, psicológicos, clínicas de fisioterapia e de vacinação;
- Farmácias, supermercados, distribuidoras de gás e postos de combustíveis;
- bares e restaurantes instalados em estabelecimentos de hospedagem podem funcionar desde que realizem atendimento exclusivo dos hóspedes e coloquem uma distância mínima de dois metros entre as mesas.

Fique ligado! .
As empresas que desrespeitarem o decreto estarão infringindo o artigo 268 do Código Penal, o que pode gerar pena de detenção de 1 mês a 1 ano, além de multa ao responsável.

Fonte

Governo de Goiás
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

O que abre e fecha durante a quarentena

Governo de Goiás

Começa a valer nesta quinta-feira (19/03) o decreto que amplia as medidas de prevenção para garantir a segurança da população de nosso Estado nesse período de proliferação do coronavírus. .

Ficam SUSPENSOS por 15 dias: 
- atividades em feiras, shopping, galerias e pólos comerciais de rua;
- atividades em bares e restaurantes, mas serviço de entrega é permitido;
- atividades em cinemas, clubes, academias, boates, teatros, casas de espetáculos e clínicas de estética;
- atividades de saúde bucal/odontológica, pública e privada, exceto aquelas relacionadas ao atendimento de urgências e emergências.

Continuam FUNCIONANDO: .
- Estabelecimentos médicos e hospitalares, além dos laboratórios, psicológicos, clínicas de fisioterapia e de vacinação;
- Farmácias, supermercados, distribuidoras de gás e postos de combustíveis;
- bares e restaurantes instalados em estabelecimentos de hospedagem podem funcionar desde que realizem atendimento exclusivo dos hóspedes e coloquem uma distância mínima de dois metros entre as mesas.

Fique ligado! .
As empresas que desrespeitarem o decreto estarão infringindo o artigo 268 do Código Penal, o que pode gerar pena de detenção de 1 mês a 1 ano, além de multa ao responsável.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )