Revista Viver Goiás

Goiás antecipa uso facultativo de simulador e processo para obtenção de CNH deve ficar mais barato

Detran-GO antecipa decisão nacional e candidato poderá optar em ter aula ou não no equipamento

Os candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) poderão, a partir desta sexta-feira (19/7), optar em ter ou não aulas de prática de direção veicular em simuladores. A norma consta na Portaria 612/2019, que foi editada nesta quinta-feira. A decisão da diretoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO) antecipa a questão pacificada na resolução 778/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que entra em vigor em 17 de setembro e deve representar economia ao cidadão.

  A portaria do Detran-GO beneficia quem iniciar o processo de habilitação para categoria B (Automóvel). O candidato com Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) já aberto está sujeito à obrigatoriedade. Ou seja, ele terá que passar por cinco horas/aulas no simulador de direção, como determina a Resolução 168/2016 e Portaria 162/2016.

  A decisão do Detran-GO, segundo aponta o presidente Marcos Roberto Silva, vai ao encontro do anseio dos candidatos à habilitação. "O cidadão deve ter a opção de escolher o modelo de aprendizado que mais se adéqua ao seu perfil. Há quem, por medo de enfrentar o trânsito sem nenhum conhecimento prático, prefira o ambiente do simulador até conhecer o funcionamento do veículo. Já outros preferem ter as primeiras aulas direto no carro", ponderou.

  Marcos Roberto afirma a autarquia está trabalhando para que os condutores goianos tenham a melhor formação possível. "Para o Detran-GO e para a sociedade, o importante é que as aulas sejam ministradas corretamente e que o candidato seja bem formado", explica. A obrigatoriedade do simulador era motivo de disputas judiciais e a medida tomada pelo Detran busca, também, pacificar o tema.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Goiás antecipa uso facultativo de simulador e processo para obtenção de CNH deve ficar mais barato

Os candidatos à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) poderão, a partir desta sexta-feira (19/7), optar em ter ou não aulas de prática de direção veicular em simuladores. A norma consta na Portaria 612/2019, que foi editada nesta quinta-feira. A decisão da diretoria do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-GO) antecipa a questão pacificada na resolução 778/2019 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que entra em vigor em 17 de setembro e deve representar economia ao cidadão.

  A portaria do Detran-GO beneficia quem iniciar o processo de habilitação para categoria B (Automóvel). O candidato com Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach) já aberto está sujeito à obrigatoriedade. Ou seja, ele terá que passar por cinco horas/aulas no simulador de direção, como determina a Resolução 168/2016 e Portaria 162/2016.

  A decisão do Detran-GO, segundo aponta o presidente Marcos Roberto Silva, vai ao encontro do anseio dos candidatos à habilitação. "O cidadão deve ter a opção de escolher o modelo de aprendizado que mais se adéqua ao seu perfil. Há quem, por medo de enfrentar o trânsito sem nenhum conhecimento prático, prefira o ambiente do simulador até conhecer o funcionamento do veículo. Já outros preferem ter as primeiras aulas direto no carro", ponderou.

  Marcos Roberto afirma a autarquia está trabalhando para que os condutores goianos tenham a melhor formação possível. "Para o Detran-GO e para a sociedade, o importante é que as aulas sejam ministradas corretamente e que o candidato seja bem formado", explica. A obrigatoriedade do simulador era motivo de disputas judiciais e a medida tomada pelo Detran busca, também, pacificar o tema.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )