Revista Viver Goiás

Ex-fã de João de Deus, Oprah foi estuprada por parentes

Apresentadora promoveu na TV as cirurgias espirituais do médium e agora se diz solidária às mulheres que o acusam de violência

Reprodução

Foram raras as vezes em que Oprah Winfrey saiu dos Estados Unidos a fim de gravar uma matéria.

 

Em março de 2012, ela embarcou em seu jato para viajar quase 5 mil quilômetros entre Chicago Abadiânia exclusivamente para conhecer e entrevistar João de Deus.

 

Vestida de branco, como determina a tradição da Casa de Dom Inácio de Loyola, a apresentadora mais poderosa da televisão americana acompanhou de perto cirurgias espirituais feitas pelo médium.

“Foi uma experiência muito forte”, disse na ocasião. Num intervalo dos trabalhos, ela experimentou o caldinho de feijão servido no refeitório. Gostou tanto que repetiu o prato.

Com a ajuda de uma intérprete, Oprah João de Deus conversaram longamente, sentados num banco sob uma árvore no jardim da propriedade que recebe até 10 mil pessoas por mês em busca de algum tipo de cura.

Ela quis saber detalhes da vida e da espiritualidade do ex-garimpeiro, hoje com 76 anos, que se tornou o médium curador mais famoso do País – e atraiu a atenção de estrangeiros dos quatro cantos do planeta.

A apresentadora se interessou pelo brasileiro depois de um programa especial que fez em dezembro de 2010, no qual entrevistou em estúdio vários americanos que vieram ao Brasil se consultar com o espiritualista goiano. A maioria disse ter sido curada de doenças graves.

Assim que as denúncias de abuso sexual envolvendo o médium ganharam repercussão na imprensa, todos os vídeos ligando Oprah João de Deus foram retirados do canal oficial da artista no YouTube. Alguns podem ser acessados no endereço ‘videojoaodedeus’, pertencente à Casa de Dom Inácio de Loyola.

 

Em nota, a apresentadora manifestou apoio às dezenas de denunciantes do médium: “Eu tenho empatia pelas mulheres que estão se apresentando agora e espero que a justiça seja feita”.

Tal empatia não é apenas um discurso politicamente correto. Oprah Winfrey sofreu na pele a mesma violência relatada pelas ex-pacientes de João de Deus.

Na adolescência, foi estuprada por tios e primos durante cinco anos. Ela revelou seu drama somente quando já era famosa. “Tive medo do que as pessoas iriam dizer e pensar, de como eu seria julgada e o que os membros da minha família iriam falar”, contou, anos depois.

“Por isso a maioria das pessoas não fala sobre o abuso que sofreu. Você sabe que não é seguro falar a respeito. Sabe que será hostilizada, colocada para baixo e criticada.”

Com fortuna de 3 bilhões de dólares (cerca de 11 bilhões de reais), Oprah doa frequentemente altas quantias a projetos de caridade, além de financiar escolas, filmes a respeito de minorias (negros, latinos, gays etc.) e campanhas sociais.

Este ano, ela aderiu aos movimentos #MeToo e Time’s Up de combate ao assédio sexual contra mulheres e pela igualdade de gêneros no mercado de trabalho.

Fonte

Portal Terra
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Ex-fã de João de Deus, Oprah foi estuprada por parentes

Portal Terra

Foram raras as vezes em que Oprah Winfrey saiu dos Estados Unidos a fim de gravar uma matéria.

 

Em março de 2012, ela embarcou em seu jato para viajar quase 5 mil quilômetros entre Chicago Abadiânia exclusivamente para conhecer e entrevistar João de Deus.

 

Vestida de branco, como determina a tradição da Casa de Dom Inácio de Loyola, a apresentadora mais poderosa da televisão americana acompanhou de perto cirurgias espirituais feitas pelo médium.

“Foi uma experiência muito forte”, disse na ocasião. Num intervalo dos trabalhos, ela experimentou o caldinho de feijão servido no refeitório. Gostou tanto que repetiu o prato.

Com a ajuda de uma intérprete, Oprah João de Deus conversaram longamente, sentados num banco sob uma árvore no jardim da propriedade que recebe até 10 mil pessoas por mês em busca de algum tipo de cura.

Ela quis saber detalhes da vida e da espiritualidade do ex-garimpeiro, hoje com 76 anos, que se tornou o médium curador mais famoso do País – e atraiu a atenção de estrangeiros dos quatro cantos do planeta.

A apresentadora se interessou pelo brasileiro depois de um programa especial que fez em dezembro de 2010, no qual entrevistou em estúdio vários americanos que vieram ao Brasil se consultar com o espiritualista goiano. A maioria disse ter sido curada de doenças graves.

Assim que as denúncias de abuso sexual envolvendo o médium ganharam repercussão na imprensa, todos os vídeos ligando Oprah João de Deus foram retirados do canal oficial da artista no YouTube. Alguns podem ser acessados no endereço ‘videojoaodedeus’, pertencente à Casa de Dom Inácio de Loyola.

 

Em nota, a apresentadora manifestou apoio às dezenas de denunciantes do médium: “Eu tenho empatia pelas mulheres que estão se apresentando agora e espero que a justiça seja feita”.

Tal empatia não é apenas um discurso politicamente correto. Oprah Winfrey sofreu na pele a mesma violência relatada pelas ex-pacientes de João de Deus.

Na adolescência, foi estuprada por tios e primos durante cinco anos. Ela revelou seu drama somente quando já era famosa. “Tive medo do que as pessoas iriam dizer e pensar, de como eu seria julgada e o que os membros da minha família iriam falar”, contou, anos depois.

“Por isso a maioria das pessoas não fala sobre o abuso que sofreu. Você sabe que não é seguro falar a respeito. Sabe que será hostilizada, colocada para baixo e criticada.”

Com fortuna de 3 bilhões de dólares (cerca de 11 bilhões de reais), Oprah doa frequentemente altas quantias a projetos de caridade, além de financiar escolas, filmes a respeito de minorias (negros, latinos, gays etc.) e campanhas sociais.

Este ano, ela aderiu aos movimentos #MeToo e Time’s Up de combate ao assédio sexual contra mulheres e pela igualdade de gêneros no mercado de trabalho.

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )