Viver Goiás

Domingo, 26 de Junho de 2022

Notícias Saúde & Beleza

Estado do Rio tem risco muito baixo para covid-19, diz secretaria

Total de internações caiu 81%, saindo de 32 para seis no estado do Rio. Os óbitos diminuíram 41,7%, passando de 12 para sete na semana entre os dias 17 e 23 deste mês.

Estado do Rio tem risco muito baixo para covid-19, diz secretaria
© Tomaz Silva/Agência Brasil
IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O estado do Rio de Janeiro segue pelo segundo mês consecutivo em bandeira verde, de risco muito baixo para covid-19. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, a análise faz a comparação da décima sexta semana epidemiológica (SE16) deste ano, de 17 a 23 de abril, com a décima quarta semana (SE 14), de 3 a 9 de abril.

O Mapa de Risco da Covid-19 desta semana, divulgado hoje (29), traz a Baía de Ilha Grande, Baixada Litorânea, Metropolitana I, Metropolitana II, Noroeste e Norte fluminense em bandeira verde (risco muito baixo). As regiões do Médio Paraíba, Centro Sul e Serrana permaneceram com bandeira amarela (risco baixo).

No período analisado, o total de internações caiu 81%, saindo de 32 para seis internações. Os óbitos diminuíram 41,7%, caindo de 12 para sete na semana entre os dias 17 e 23 deste mês.

Vacinação em alta

O secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe, disse que o estado do Rio permanece em risco baixo para a doença. “As internações e óbitos continuam apresentando redução e isso é resultado direto do avanço da vacinação. Já estamos com mais de 32 milhões de doses aplicadas e 78% das pessoas com cinco anos ou mais imunizadas. Mesmo com este cenário, precisamos que as pessoas que ainda não completaram o esquema vacinal ou que estejam no momento para receber a dose de reforço retornem aos postos [de vacinação]”, afirmou.

A média de pedidos de internação no período de 20 a 27 abril foi de seis, o que indica uma queda de 10%. Nesse mesmo período, a média da fila de espera para internação foi de cinco pessoas, indicando um recuo de 10% nos últimos 14 dias.

FONTE/CRÉDITOS: Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil
Comentários:

Veja também

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )