Revista Viver Goiás

A busca pelo parto humanizado tem se tornado cada vez mais frequente.

A Equipe Renascer foi criada em 2010 com o intuito de disseminar a assistência ao parto e ao nascimento de forma humanizada

Renascer Parto Humanizado

A busca pelo parto humanizado tem se tornado cada vez mais frequente. Essa modalidade implica em uma assistência que respeite aos desejos maternos durante o parto e nascimento, podendo acontecer na maternidade, casa de parto ou no próprio domicílio.

A Equipe Renascer foi criada em 2010 com o intuito de disseminar a assistência ao parto e ao nascimento de forma humanizada, proporcionando saúde e protagonismo da família neste momento único, tendo atendido cerca de 90 famílias em Goiânia e cidades próximas. É composta por dois enfermeiros obstetras especializados ao atendimento integral à família durante a gestação, parto e pós-parto.

Acreditamos que o parto e o nascimento integram um rito de passagem no âmbito emocional, espiritual, sexual e corporal. A oportunidade de vivenciar esses momentos plenamente traz experiências únicas.

 NOSSA ESPECIALIDADE - PARTO DOMICILIAR PLANEJADO 

Quem Pode Ter?

     A Organização Mundial da Saúde defende que a gestante deve parir onde ela se sinta mais segura, por se tratar de um evento fisiológico. Para ter um parto em casa é preciso que se tenha uma gestação de risco habitual, ou seja, mãe e bebê devem estar saudáveis, sem nenhuma doença ou alteração.

 É Seguro?

     Está comprovado que o parto domiciliar planejado com equipe qualificada tem a mesma segurança que o parto hospitalar, desde que seja desejo da mulher e uma gestação de risco habitual. O parto em si, assume riscos imprevisíveis, porém o hospital não os minimiza e sim a equipe que assiste. Outra comprovação é que a mulher que pari em casa está mais protegida de sofrer intervenções desnecessárias em comparação com uma internação hospitalar.

 Por Que Tantas Mulheres Tem Feito?

     Parir em casa proporciona uma série de vantagens. Primeiramente, por ser um ambiente familiar, cercado por pessoas queridas e de confiança, minimiza o sentimento de vulnerabilidade e estresse. Em casa, não existe a diversidade de bactérias responsáveis pelas infecções hospitalares. É possível  construir um ambiente aconchegante com pouca luz, música ambiente, liberdade de movimentação, alimentação, decisão de como e onde irá parir.

O mais importante, é a garantia do protagonismo da mulher em relação ao parto e aos cuidados com o bebê. Também é uma oportunidade ímpar para a participação do companheiro, visto que ele participa ativamente do início ao fim, inclusive recebendo o bebê na hora do nascimento. Também é possível montar a equipe da forma que desejar, tendo a liberdade de contratar outros profissionais como: doula, acupunturista, fotógrafa, pediatra.

E Se Alguma Coisa Acontecer e Tiver Que Ir Para O Hospital?

     Para todo planejamento é traçado o plano B que é a transferência para o hospital, feita em duas situações: a pedido da mulher, por desistência ou por indicação da equipe frente a algum sinal de complicação ou necessidade de suporte hospitalar com a mulher ou o bebê durante o trabalho de parto ou após.

 Quais Materiais A Equipe Leva Para O Parto?

     Levamos todo material necessário para atender um parto e possíveis complicações que posssam surgir. Está incluso: instrumental esterilizado para o parto, materiais para suporte ventilatório para o bebê, se for preciso; medicamentos e materiais de uso rotineiro e emergencial; materiais para aplicação de medidas não farmacológicas para alívio da dor - piscina, bola de pilates, luz de cromoterapia, essências para aromoterapia, óleos de massagem.

Existe Alguma Preparação?

Sim, o pré-natal. As mulheres podem optar por usar o plano de saúde ou o serviço público para o acompanhamento inicial, porém a partir de 34 semanas, obrigatoriamente iniciamos o pré-natal no domicílio, que é o tempo necessário de preparação para vivenciar o parto em casa. A partir de então, todas as consultas passam a ser de educação em saúde com temas relacionados a tudo que está por vir.

Depois do Parto Existe um Acompanhamento?      

            O nascimento do bebê é o início da grande jornada da maternidade e paternidade, estaremos presentes ainda nos primeiros dias. Acompanhamos quatro consultas no pós-parto: no 1º, 3º, 7º e 10º dia, englobando os cuidados com o bebê, com a mulher, amamentação e técnicas para exterogestação.

Diego Vieira de Mattos

Enfermeiro Obstretra. Graduado pela Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis - RJ, FASE/FMP. Especialista em Enfermagem Obstétrica pelo IBEED. Mestre Ciências em Ambientais e Saúde pela PUC/GO. Doutorando em Psicologia pela PUC/GO. Contato: (62) 98290-7119 – diegovmattos@hotmail.com 

Paula Ávila Moraes

Enfermeira Obstetra. Graduada pela Universidade Federal de Goiás - UFG. Especialista em módulo de Residência pela PUC/GO e Maternidade Nascer Cidadão. Doula pelo GAMA/SP. Mestranda do Programa Ensino na Saúde pela UFG. Contato: (62) 99134-2626 – paulaavilamoraes@gmail.com

 

Siga a Renascer – Parto Humizado nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/renascerpartohumanizado

Instagram: @renascer_partohumanizado

Site: www.equiperenascer.com.br 

Fonte

Renascer Parto Humanizado
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

A busca pelo parto humanizado tem se tornado cada vez mais frequente.

Renascer Parto Humanizado

A busca pelo parto humanizado tem se tornado cada vez mais frequente. Essa modalidade implica em uma assistência que respeite aos desejos maternos durante o parto e nascimento, podendo acontecer na maternidade, casa de parto ou no próprio domicílio.

A Equipe Renascer foi criada em 2010 com o intuito de disseminar a assistência ao parto e ao nascimento de forma humanizada, proporcionando saúde e protagonismo da família neste momento único, tendo atendido cerca de 90 famílias em Goiânia e cidades próximas. É composta por dois enfermeiros obstetras especializados ao atendimento integral à família durante a gestação, parto e pós-parto.

Acreditamos que o parto e o nascimento integram um rito de passagem no âmbito emocional, espiritual, sexual e corporal. A oportunidade de vivenciar esses momentos plenamente traz experiências únicas.

 NOSSA ESPECIALIDADE - PARTO DOMICILIAR PLANEJADO 

Quem Pode Ter?

     A Organização Mundial da Saúde defende que a gestante deve parir onde ela se sinta mais segura, por se tratar de um evento fisiológico. Para ter um parto em casa é preciso que se tenha uma gestação de risco habitual, ou seja, mãe e bebê devem estar saudáveis, sem nenhuma doença ou alteração.

 É Seguro?

     Está comprovado que o parto domiciliar planejado com equipe qualificada tem a mesma segurança que o parto hospitalar, desde que seja desejo da mulher e uma gestação de risco habitual. O parto em si, assume riscos imprevisíveis, porém o hospital não os minimiza e sim a equipe que assiste. Outra comprovação é que a mulher que pari em casa está mais protegida de sofrer intervenções desnecessárias em comparação com uma internação hospitalar.

 Por Que Tantas Mulheres Tem Feito?

     Parir em casa proporciona uma série de vantagens. Primeiramente, por ser um ambiente familiar, cercado por pessoas queridas e de confiança, minimiza o sentimento de vulnerabilidade e estresse. Em casa, não existe a diversidade de bactérias responsáveis pelas infecções hospitalares. É possível  construir um ambiente aconchegante com pouca luz, música ambiente, liberdade de movimentação, alimentação, decisão de como e onde irá parir.

O mais importante, é a garantia do protagonismo da mulher em relação ao parto e aos cuidados com o bebê. Também é uma oportunidade ímpar para a participação do companheiro, visto que ele participa ativamente do início ao fim, inclusive recebendo o bebê na hora do nascimento. Também é possível montar a equipe da forma que desejar, tendo a liberdade de contratar outros profissionais como: doula, acupunturista, fotógrafa, pediatra.

E Se Alguma Coisa Acontecer e Tiver Que Ir Para O Hospital?

     Para todo planejamento é traçado o plano B que é a transferência para o hospital, feita em duas situações: a pedido da mulher, por desistência ou por indicação da equipe frente a algum sinal de complicação ou necessidade de suporte hospitalar com a mulher ou o bebê durante o trabalho de parto ou após.

 Quais Materiais A Equipe Leva Para O Parto?

     Levamos todo material necessário para atender um parto e possíveis complicações que posssam surgir. Está incluso: instrumental esterilizado para o parto, materiais para suporte ventilatório para o bebê, se for preciso; medicamentos e materiais de uso rotineiro e emergencial; materiais para aplicação de medidas não farmacológicas para alívio da dor - piscina, bola de pilates, luz de cromoterapia, essências para aromoterapia, óleos de massagem.

Existe Alguma Preparação?

Sim, o pré-natal. As mulheres podem optar por usar o plano de saúde ou o serviço público para o acompanhamento inicial, porém a partir de 34 semanas, obrigatoriamente iniciamos o pré-natal no domicílio, que é o tempo necessário de preparação para vivenciar o parto em casa. A partir de então, todas as consultas passam a ser de educação em saúde com temas relacionados a tudo que está por vir.

Depois do Parto Existe um Acompanhamento?      

            O nascimento do bebê é o início da grande jornada da maternidade e paternidade, estaremos presentes ainda nos primeiros dias. Acompanhamos quatro consultas no pós-parto: no 1º, 3º, 7º e 10º dia, englobando os cuidados com o bebê, com a mulher, amamentação e técnicas para exterogestação.

Diego Vieira de Mattos

Enfermeiro Obstretra. Graduado pela Faculdade Arthur Sá Earp Neto e Faculdade de Medicina de Petrópolis - RJ, FASE/FMP. Especialista em Enfermagem Obstétrica pelo IBEED. Mestre Ciências em Ambientais e Saúde pela PUC/GO. Doutorando em Psicologia pela PUC/GO. Contato: (62) 98290-7119 – diegovmattos@hotmail.com 

Paula Ávila Moraes

Enfermeira Obstetra. Graduada pela Universidade Federal de Goiás - UFG. Especialista em módulo de Residência pela PUC/GO e Maternidade Nascer Cidadão. Doula pelo GAMA/SP. Mestranda do Programa Ensino na Saúde pela UFG. Contato: (62) 99134-2626 – paulaavilamoraes@gmail.com

 

Siga a Renascer – Parto Humizado nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/renascerpartohumanizado

Instagram: @renascer_partohumanizado

Site: www.equiperenascer.com.br 

Inscreva-se Newsletter

Inscreva-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossas novidades!
[CARREGANDO...]

Parceiros

Publicidade

Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )